Consulta de Cessação tabágica Orientação médica para deixar de fumar

A decisão de deixar de fumar pode ser difícil de tomar. Deixar de fumar assusta todos os fumadores principalmente por receio dos sintomas de privação que podem ocorrer.

Qual o fumador que não “adora” fumar e gostaria de, em vez de parar definitivamente, o poder fazer, nem que fosse 2 ou 3 cigarros por dia, de modo a não sofrer os conhecidos malefícios do tabaco.


Deixar de fumar não tem de ser muito difícil e pode ser um processo sem stress, sem ansiedade e sem engordar, que é um problema colocado com frequência.


Deixar de fumar elimina os riscos associados ao tabagismo e promove uma rápida melhoria da qualidade de vida, da auto estima e da auto confiança. Aumenta a sua capacidade para o exercício físico. A aparência pessoal melhora, a pele fica mais brilhante, o hálito mais agradável e os dentes mais brancos.


A Consulta de Cessação tabágica tem como objectivos avaliar e orientar o fumador de forma a conseguir deixar de fumar sem dificuldade.


Tem uma abordagem ao fumador que consiste na realização de uma rigorosa avaliação inicial, após a qual são dados aconselhamento e informação sobre terapêuticas disponíveis, definido-se um plano individual de cessação.


A avaliação inicial consiste em:

- História clínica, onde são caracterizados os hábitos tabágicos, são avaliadas as doenças relacionadas com o tabaco, é verificada a existência de patologias com eventual interferência com a terapêutica e são identificados os problemas com potencial agravamento com a evicção, nomeadamente a obesidade, depressão, hábitos alcoólicos e medicamentosos;

- Exame objectivo, com avaliação de parâmetros vitais, índice de massa corporal (IMC) e medição do teor de monóxido de carbono (CO) no ar expirado;

- Exames complementares de diagnóstico, para exclusão de patologia relacionada com o tabaco, tais como neoplasias, DPOC entre outras;

- Realização de Testes específicos

(poderá realizar o download dos questionários clicando no pretendido)

. Perfil de fumador

. Teste de Fagerström - Avaliação da Dependência da nicotina

. Teste de Richmnond - Avaliação da Motivação 

. Escala de HAD - Avaliação de Ansiedade e Depressão


As terapêuticas disponíveis para tratar o tabagismo são diversas e podem incuir tratamento farmacológico, desde os substitutos da nicotina a outros produtos, que, não sendo derivados nicotínicos, tem uma forma de acção sobreponível, assim como tratamento psicológico.


A definição de um plano terapêutico dependerá sempre da avaliação e é específica para cada fumador.

Notas

1 — Os artigos publicados nesta biblioteca pretendem ser um meio de informação suplementar ao paciente e não substituem, de forma alguma, a consulta de um médico especialista que analise o seu caso específico;

2 — Os artigos publicados foram produzidos por especialistas que se baseiam nas recomendações e Guidelines de prática clínica da Associação Europeia de Urologia (EAU), à data da última revisão;

3 — Esta biblioteca encontra-se em processo de formatação para certificação pela HONcode Foundation (http://www.healthonnet.org/HONcode/Conduct.html);